quinta-feira, julho 25

Resenha - A Culpa é Das Estrelas

Edição: 1
Editora: Intrínseca
ISBN: 9788580572261
Ano: 2012
Páginas: 288
Autor: John Green
Avaliação: 

Entre lagrimas e risos eu me apaixonei pelo livro e pelos personagens e tudo o que eles representam.

Ok, aqui estou eu novamente para falar sobre outro livro do querido John Green, só que esse livro não é apenas um livro qualquer, esse é o livro que deu mais impacto na minha vida. Bom vamos a sinopse...
'' A culpa é das estrelas narra o romance de dois adolescentes que se conhecem (e se apaixonam) em um Grupo de Apoio para Crianças com Câncer: Hazel, uma jovem de dezesseis anos que sobrevive graças a uma droga revolucionária que detém a metástase em seus pulmões, e Augustus Waters, de dezessete, ex-jogador de basquete que perdeu a perna para o osteosarcoma. Como Hazel, Gus é inteligente, tem ótimo senso de humor e gosta de brincar com os clichês do mundo do câncer - a principal arma dos dois para enfrentar a doença que lentamente drena a vida das pessoas.

Inspirador, corajoso, irreverente e brutal, A culpa é das estrelas é a obra mais ambiciosa e emocionante de John Green, sobre a alegria e a tragédia que é viver e amar.''


''Inspirador, corajoso, irreverente e brutal'' esse livro é tudo isso e muito mais, quando eu comecei a ler nunca pensei que fosse me entregar tanto ao livro na maneira que eu me entreguei, Gus e a Hazel conquistaram meu coração logo no inicio do livro e eu não me arrependo de ter gasto uma madrugada toda lendo. Mas vamos voltar ao livro.......
Hazel tem câncer desde seus 13 anos de idade e o seu caso como foi lhe informado era incurável, mas ela foi submetida a um tratamento que fez com que seu tumor encolhesse e assim ela tivesse algum tempo a mais de vida. Hazel, agora com 16 anos já aprendeu a conviver com a doença, ela é uma adolescente inteligente, sarcástica, forte, esperta e com o apoio dos pais tenta viver uma vida o mais normal possível.
A pedido da mãe Hazel começa a frequentar um Grupo de Apoio Para Crianças Com Câncer e certo dia o que era pra ser apenas mais uma reunião se tornou em alguém especial, ela conheceu Augustus. Augustus está ali para fazer companhia a seu amigo Isaac, que também participa do grupo, naturalmente eles se aproximam e de uma forma muito simples eles tem inicio a uma grande amizade, um grande amor, eu confesso que o amor deles é algo lindo de se ler.
Mas o livro não fala somente sobre esse amor entre eles, Hazel tem certo 'amor' por um livro chamado 'Uma Aflição Imperial', ela já o leu varias vezes e resolve emprestar para Gus ler também, assim eles começam essa pequena jornada de encontrar o autor do livro para saber o que aconteceu com os personagens daquele livro.

"Nos dias mais sombrios, o Senhor coloca as melhores pessoas na sua vida."

Bom, esse livro como eu disse teve um impacto enorme na minha vida, foi a partir dele que eu simplesmente falei pra mim mesma começar a viver minha vida do jeito que ela é porque a gente nunca sabe o que pode acontecer, hoje a gente pode estar aqui bem, sorrindo, rindo e amanha pode nem estar mais aqui nesse mundo....... eu lembro que minha mãe entrou no meu quarto pra ver se eu tava bem isso era quase 4 horas da manha, eu lembro que eu tava tipo assim:::




É, bom, por enquanto é isso se eu tiver algo mais pra dizer eu volto haha bjos pra vocês lindos (as) 



Segunda opinião (Miih Meira)
       Confesso que relutei para ler o livro, não costumo ler muitos livros tendo drama e romance pois não são os meus preferidos. Mas depois de ver tantas resenhas positivas e recomendações do livro resolvi ler para ver se realmente o livro era tudo aquilo que me contaram. Lembro que a resenha que realmente me fez pegar o livro para ler foi do vlog Cabine Literária. Mas vamos lá, como estava receosa resolvi primeiramente baixar o livro em pdf. Então, veio a surpresa: me vi tão imersa na estória, nos problemas enfrentados pelos dois e como eram tão reais que devorei o livro em 2 dias (ler no pc realmente não é meu forte). Quando acabei de ler o livro me surpreendi totalmente, aquilo que eu havia escutado sobre o livro havia sido mesmo verdade e ainda mais. Não pensei duas vezes em comprar o livro e o reli várias vezes desde então. Hoje em dia sempre que me perguntam qual o livro que eu recomendo e o meu preferido de todos, eu digo: A Culpa é das estrelas. 

''Se ela estivesse melhor ou o senhor, mais doente, então as estrelas não estariam tão terrivelmente cruzadas, mas é da natureza das estrelas se cruzar, e nunca Shakespeare esteve tão equivocado como quando fez Cássio declarar, ''A culpa, meu caro Brutus, não é de nossas estrelas / Mas de nós mesmo. ''




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

6 comentários:

  1. Adorei esse livro. Ganhei de presente do meu namorado e li em três dias. Identifiquei-me muito com a Hazel, ela pensa como eu em muitas coisas. Chorei quando o Gus morreu e fiquei triste pelo John ter feito como em "Uma Aflição Imperial" não ter nos dado uma certeza do qiue acontece,mas como sei o que é ser escritor o entendo muito bem kk

    taliesinperdido.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha pois é, eu li e nem tinha chegado no final já me acabei de chorar rçrçrç
      Jessie :3

      Excluir
  2. estou feliz e agradecida com seu carinho e convite
    visitei seu blog
    amei
    seguindo
    parabéns pela dedicaçao
    sucesso

    eu tb tenho um blog, se quiser visitar, seguir e comentar, fique a vontade, pois ficarei feliz e agradecida.

    http://ellianeramos.blogspot.com.br/

    bjs *-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada querida, já estou seguindo :D
      Jessie :3

      Excluir
  3. Oi Meninas, tudo bom?
    Vim pelo recadinho no skoob e adorei o blog de vocês!
    Li ACEDE ha um tempo atrás e ainda sou completamente apaixonada por ele.
    O John Green soube passar o sentimento de um doença de tudo que acomete de uma forma muito profunda. O livro me mudou bastante!
    Beijão
    Endless Poem

    ps: tá rolando um projeto lá no blog, seria muito bacana se você participasse!

    ResponderExcluir